Postagens

Mostrando postagens de 2010

SEU ZÉ FALECEU (Mariana Giorgion)

Imagem
Sábado Seu Zé faleceu. Uma barra muito pesada para toda a família. Menos de um mês antes, havia falecido o Zé, seu filho, quarenta e tantos anos, de um câncer fulminante. Loucura. Choque. Muita dor. Mas o enterro do Zé pai foi sereno, Dona Neuza, sua eterna companheira, segurando a barra. A Cidinha parecia que, depois disso tudo, queria voar um pouco, sentir o vento no rosto. Queria até andar de moto. A Rosanita também perdeu muito, mas parecia querer agora ganhar a vida, olhar coisas bonitas e amar, porque ela é muito amada e ama muito, muita gente. A Fátima eu não sei... Não conversamos muito, mas ela me pareceu tranquila, bem amparada. E por fim a Rosangela, expressando o susto, elaborando esse evento sinistro que é o morrer, e que ela acompanhou de muito perto, no pai e no irmão, tentando talvez apreender o exato momento em que se deixa de ser.
Seu Zé foi figura presente na minha vida. Nem sei expressar como, de que forma, ou na forma cronológica que costumamos contar. Eu sou meio …

LUTA PELA SOBREVIVÊNCIA (Marcos InHauser Soriano)

Imagem
O Escudo pode ser tão importante como a Lança sob o ponto de vista da Vitória" (CHARLES DARWIN)

Em 1831, aos 22 anos de idade, Charles Darwin embarcava como naturalista no Beagle. A bordo do navio britânico, passaria os próximos cinco anos em viagem pelo litoral da América do Sul e das Ilhas do Pacífico, coletando espécimes vegetais e animais e fazendo longas anotações sobre suas observações. Após uma construção científica laboriosa, publicaria em 1859, “A Origem das Espécies”, apresentando ao Mundo sua Teoria da Seleção Natural. Sob o açoite da crítica, a idéia de que todas as espécies de plantas e animais se desenvolveram a partir de formas mais primitivas pela transmissão hereditária de ligeiras variações em sucessivas gerações, sobrevivendo as formas que melhor se adaptaram ao meio ambiente, transformou Darwin em um dos maiores cientistas de seu tempo. Até hoje, suas idéias são motivo de discussão científica e religiosa. Em resumo, poderíamos dizer que a base da Teoria da Seleç…

NOTÓRIOS DA PSICANÁLISE: ANNA O.

Imagem
Anna O., pseudônimo de Bertha Pappenheim (1859-1936), paciente de Josef Breuer, que publicou seu estudo de caso no "Estudos sobre a Histeria” (1895), escrito em colaboração com Sigmund Freud, é sem dúvida um dos principais casos clínicos da Psicanálise, por ser considerado por muitos como marco inicial do que mais tarde haveria de se tornar o tratamento psicanalítico.
Bertha Pappenheim nasceu em Viena, em 27 de fevereiro de 1859, falecendo em Iselberg, na Alemanha, em 28 de maio de 1936. Foi uma líder do Movimento Feminista, assistente social e escritora judia austro-alemã.
De personalidade sensível, por volta dos vinte anos de idade, Bertha sofreu muito com a longa doença terminal do pai que, juntamente com as tensões da infância, foram as responsáveis pelo desencadear de seu quadro de Histeria, marcado por sintomas como depressão, nervosismo, tendência ao suicídio, paralisia, perturbações visuais, contraturas musculares e outros, e que a deixavam praticamente inválida. Foi então,…

A TRAGÉDIA DO ATO: "UM LITRO DE LÁGRIMAS" COMO IDEAL ROMÂNTICO ALEMÃO (Diego Tiscar)

Imagem
"Às vezes, por amor humanitário, abraça-se um ser qualquer (já que não se pode abraçar a todo mundo). E é exatamente isto que não se deve revelar ao tal ser qualquer." (Nietzsche)
Confesso que não sei por onde começar este Artigo. Não posso começar pelo começo, pois "Um litro de lágrimas" é um Mangá (história em quadrinhos japonesa), e como tal, sua leitura é invertida - devemos ler um Mangá de trás para frente. Este em especial, tem início e final semelhantes. Começarei pelo Título, "Um Litro De Lágrimas" - à primeira vista parece Título exagerado, tornando-se pior ao constatar-se que sua tradução é literal. Eu lhes garanto que esta impressão é precipitada e errônea. "Um Litro De Lágrimas" adapta o diário de Aya Kito, garota de 15 anos, portadora de uma rara doença degenerativa - tal adaptação foi realizada por uma artista que assina apenas como "Kita", lançado em volume único. Agora sim, temos um começo. Aos 15 anos, Aya é diagnosticad…

DESTAQUE ESPECIAL: VI Workshop Produção Escrita e Psicanálise - Movimentos pelo escrito: do medo ao entusiasmo

Imagem
Quais significados são atribuídos para os atos de ler e escrever por parte daqueles que se propõem a sustentar este exercício em contextos públicos? Em 2004, esta questão deu origem ao Grupo de Estudos e Pesquisa Produção Escrita e Psicanálise - GEPPEP, atualmente composto por 33 participantes (11 doutores, 6 doutorandos, 6 mestres, 9 mestrandos, 1 graduado e 2 graduandos). Conjuntamente, os membros do GEPPEP interrogam a produção escrita contemporânea, tomando, em sua maior parte, versões de textos escolares e científicos como objeto de análise. Assim, nossos esforços voltam-se para a elucidação de uma produção escrita que é fruto de uma época na qual, face a uma degradação do saber constituído, a concepção de Sujeito formulada no momento em que havia uma predominância da Ética Racionalista, já não mais funciona tão bem. Levamos a derrocada do duplo Sujeito da Modernidade em conta. Portanto, não mais trabalhamos nem com o Sujeito Crítico (kantiano) nem com o Sujeito Neurótico (freudi…

NOTÓRIOS DA PSICANÁLISE: SIGMUND FREUD

Imagem
A REVISTA VÓRTICE DE PSICANÁLISE abre um novo campo: a Série “Notórios da Psicanálise”. A Série destina-se à publicação de biografias de importantes psicanalistas, importantes pensadores que possuem uma interlocução com a Psicanálise, bem como o historial de relevantes casos clínicos da História da Psicanálise. A REVISTA se coloca aberta para Artigos e sugestões neste novo espaço. CORPO EDITORIAL


Sigmund Freud, psicanalista austríaco, nasceu em Freiberg (atual Pribor – República Checa), em 06 de maio de 1856, vindo a falecer em Londres, em 23 de setembro de 1939. O criador da Psicanálise nasceu na região da Moravia, que então fazia parte do Império Austro-Húngaro. Sua mãe, Amália, era a terceira esposa de Jacob, um modesto comerciante. A família mudou-se para Viena em 1860. Em 1877, ele abreviou o seu nome de Sigismund Schlomo Freud para Sigmund Freud. Desde 1873, era aluno da Faculdade de Medicina da Universidade de Viena, onde gostava de pesquisar no Laboratório de Neurofisiologia. Ao s…

DESTAQUE ESPECIAL: PENSANDO E SENTINDO AS PAIXÕES

Imagem
São demais os perigos desta vida
Pra quem tem paixão principalmente
Quando uma lua chega de repente
E se deixa no céu, como esquecida

E se ao luar que atua desvairado
Vem se unir uma música qualquer
Aí então é preciso ter cuidado
Porque deve andar perto uma mulher

Deve andar perto uma mulher que é feita
De música, luar e sentimento
E que a vida não quer de tão perfeita

Uma mulher que é como a própria lua:
Tão linda que só espalha sofrimento
Tão cheia de pudor que vive nua
(Vinicius de Moraes)


A Sociedade Brasileira de Psicanálise de Ribeirão Preto - SBPRP - está organizando a sua II Bienal de Psicanálise e Cultura, que se realizará de 13 a 16 de Maio próximo, no Centro de Convenções Ribeirão Preto. A Bienal será um encontro científico-cultural de amplitude internacional que receberá pensadores convidados de todo o país, e também da Argentina, para refletirmos sobre temas que envolvem as mais variadas PAIXÕES.


São demais os perigos desta vida pra quem tem paixão”: o inspirado Soneto do Corifeu, de Vi…