Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2015

NOTÓRIOS DA PSICANÁLISE: ELISABETH VON R.

Imagem
FRÄULEIN ELISABETH VON R.é o pseudônimo dado por Freud a Ilona Weiss, jovem de origem húngara cujo caso é descrito nos “Estudos sobre a histeria” (1895), e que ele trata do outono de 1892 até julho de 1893. Terceira filha de uma abastada família húngara, Elisabeth Von R. está com vinte e quatro anos quando Freud a recebe no outono de 1892 por padecer há mais de dois anos de dores nas pernas e dificuldade para andar. Ele confirma o diagnóstico de histeria que lhe tinha sido feito e observa que “quando se lhe beliscava a pele ou os músculos hiperálgicos, ou sobre estes era exercida uma pressão, a fisionomia da paciente espelhava uma singular expressão que era mais de prazer do que de dor. Gritava como se estivesse recebendo cócegas voluptuosas, ruborizava-se intensamente, jogava a cabeça e o busto para trás, fechava os olhos”. Após um período probatório de quatro semanas em que ele lhe prescreveu um tratamento elétrico, Freud propôs-lhe um tratamento catártico “que resultou em um dos mais…