6 de fevereiro de 2016

CINE VÓRTICE


A REVISTA VÓRTICE DE PSICANÁLISE tem o prazer de convidar para mais uma edição do CINE VÓRTICE.
No evento, será exibido o filme "VIVRE SA VIE: FILM EN DOUZE TABLEAUX" (Jean-Luc Godard, França, 1962). Após a exibição será aberta uma pequena discussão sobre o filme.

Data: 05/mar/2016, das 15h às 18h.
Local: Rua Tuiuti, 2530 (sala de reunião) - Tatuapé, São Paulo/SP.

A sessão terá início, impreterivelmente, às 15h15min.

As inscrições devem ser feitas até o dia 04/mar através do Email da REVISTA (revistavortice@terra.com.br). Só poderão participar do evento as pessoas previamente inscritas, pois haverá uma "lista de presença". As inscrições estão limitadas a um número de 20 pessoas.

SINOPSE & FICHA TÉCNICA
Contado em doze capítulos sem nenhuma ligação, Nana (Anna Karina) é uma jovem que abandona seu marido e seu filho para iniciar sua carreira como atriz. Para financiar sua nova vida começa a trabalhar numa loja de discos, mas não ganha muito dinheiro. Como não consegue pagar o aluguel, Nana é expulsa de casa e decide virar prostituta. No primeiro dia que começa a trabalhar na rua, reencontra Yvette (Guylaine Schlumberger), uma velha amiga que lhe confessa que também se prostitui por necessidade. Yvette lhe apresentará a Raoul (Sady Rebbot), que se tornará seu cafetão. A partir desse momento, Nana irá introduzindo-se progressivamente no mundo da prostituição

Uma das maiores obras de Godard, “VIVRE SA VIE” foi a segunda colaboração que Anna Karina haveria de ter com vários filmes do diretor (com quem foi casada por seis anos) - o filme faz parte do famoso movimento cinematográfico francês “Nouvelle Vague”.
Diferente dos outros filmes do diretor, “VIVRE SA VIE” contém um tom mais realista e sem muitos dos diálogos icônicos do diretor.
Para manter a atuação de Karina o mais natural possível, Godard só entregava o roteiro para a atriz minutos antes das filmagens, e raramente fazia mais de uma tomada de cada cena.

França, 1962, 83 min.
Direção de JEAN-LUC GODARD, com ANNA KARINA, SADY REBBOT, ANDRÉ S. LABARTHE e GUYLAINE SCHLUMBERGER.
Roteiro de MARCEL SACOTTE & JEAN-LUC GODARD.