Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2016

NOTÓRIOS DA PSICANÁLISE: OTTO RANK

Imagem
OTTO RANK(1884-1939), psicanalista austríaco, teórico da renovação da técnica psicanalítica, questionando radicalmente o tratamento clássico em favor de uma terapia dita “ativa”, brilhante especialista em filosofia, literatura e psicanálise aplicada, clínico notável, Rank foi o único autodidata dos discípulos freudianos da primeira geração. Espírito independente, hostil a todos os dogmatismos, foi, como Sandor Ferenczi, o artífice da primeira grande dissidência interna na International Psychoanalytical Association (IPA). Ao contrário de Alfred Adler, Carl Gustav Jung ou Wilhelm Stekel, permaneceu freudiano. Sua posição crítica se afirmou a partir de 1923, em uma época em que o movimento psicanalítico, preocupado com conformismo, normalização e pragmatismo, começava a adotar ideais adaptativos contrários ao freudismo original. Nascido em Leopoldstadt, nos arredores de Viena, Rank era o terceiro e último filho de Simon Rosenfeld, um joalheiro judeu originário de Burgenland, e de Karoline…