Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2016

NOTÓRIOS DA PSICANÁLISE: THEODOR MEYNERT

Imagem
THEODOR MEYNERT, psiquiatra alemão (1833-1892), mestre da psiquiatria vienense, amante da música, da arte e da literatura, foi, como Hermann Nothnagel, aluno de Karl Rokitanski (1804-1878). Nasceu na cidade de Dresden, em 15 de junho de 1833, e veio a falecer em Klosterneuburg em 31 de maio de 1892. A partir de 1873 até a morte, ocupou o posto de médico-chefe do hospital psiquiátrico da cidade. Personagem de caráter difícil e ambivalente, era conhecido por suas cóleras passionais, e talvez essa atitude não tenha sido estranha ao interesse que ele dedicou à amentia, ou seja, a confusão mental. Grande anatomista do cérebro, inspirou-se no modelo herbartiano para diferenciar o córtex superior, do qual fez uma instância socializada, do córtex inferior, de natureza primitiva ou arcaica. Essa descrição lhe possibilitou formular, depois de Wilhelm Griesinger (1817-1869), a hipótese de um “eu” primário de um “eu” secundário, que seria retomada por Freud em 1895, no seu “Projeto para uma psico…